São Jorge, Anavitória e Belchior pra dizer que: vamos superar o isolamento

COMPARTILHA COM A GALERA 🙂

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

semana passada teve o dia de São Jorge.

acho que é um dos santos sobre o qual mais vejo (pela internet) o pessoal se manifestar, pedindo, agradecendo, louvando, etc.

São Jorge é conhecido como o santo o guerreiro. um lutador. talvez não à toa seja tão popular. 

como humana, amiga, filha, colega de trabalho, prima, afilhada, sobrinha, neta, terapeuta, profissional de RH, posso afirmar: no que se refere a mim e aqueles que amo e tenho ao meu redor (porque estar perto não é físico), estamos todos sempre lutando.  

os dias de luta são também dias de glória e vice versa, pois nunca estamos lutando em um front só! lutamos para estudar, lutamos para crescer e se estabelecer profissionalmente, lutamos pelos nossos ideais, pelos nossos valores. lutamos pelas pessoas que amamos, lutamos por um mundo melhor. lutamos para manter ou, em alguns casos, restabelecer nossa saúde (física e/ou mental). lutamos com as nossas dores, lutamos com os nossos medos e, as vezes, até com outros sentimentos.

agora, além de nossas lutas diárias, lutamos com um vírus maluco, que pegou de surpresa o mundo todo e tá nos convocando para várias lutas, assim “do nada”. diferente das nossas lutas internas, que são singulares, essa é uma luta coletiva. 

das tantas réguas que nos medem no mundo atual, surgiu uma ironicamente inclusiva, não exclui absolutamente ninguém. assim como existe uma diferença, obviamente nossas lutas singulares e essa luta coletiva também tem uma semelhança: em nenhuma nós precisamos lutar sozinhos. anavitória lançou música nova, composta durante (e sobre) a quarentena,  falaram ‘da gente entender a força que é alguém do lado”. 

gosto de pensar que estar do lado é uma metáfora, não fala necessariamente de se estar, corporalmente do lado de alguém, mas sim de ter com quem contar. às vezes alguns desses “alguéns” que temos pra contar estão mesmo fisicamente ao nosso lado, que bom! 

mas desejo que quem não tem alguém corporalmente ao lado neste momento não esqueça que isso não significa que está só. e que quem tem alguém fisicamente perto possa dar e desfrutar dessa ‘força que é ter alguém do lado”, sem esquecer que, além dessa pessoa, tem outros alguéns com quem contar, mesmo que eles estejam fisicamente longe. 

e que todos nós consigamos achar meios de sentir presença e se fazer presente para os que amamos, de forma carinhosa. Oobrasileiro ama se aglomerar, eu sei, significa muito pra gente! aí o isolamento físico, pra nós, pesa pra mais do que em outras culturas…mas que a gente possa ser tão criativo quanto somos pra criar memes, na hora de encontrar formas de demonstrar afeto, empatia, solidariedade e, claro, reduzir distâncias. 

porque Anavitória não erraram, ter alguém do lado é uma força enorme em qualquer momento da vida e, nesse momento, faz uma diferença enorme para que, parafraseando Belchior, “esse ano a gente não morra”, nem de coronavírus e nem por dentro.

EI, TÁ ROLANDO FRETE GRÁTIS DURANTE O MÊS DE MAIO 😎

pra 1 ou 2 produtos no carrinho (vale pra carteiras, porta-cartões, porta-passaportes e cachepôs) durante o mês de maio inteiro⏱

TÔ TE VENDO SAIR 👀

TÔ DE OLHO EM VC 👀

pode parar por aí, ainda tenho tanto pra te falar. deixa seu e-mail aqui pra eu te mandar umas novidades e descontinhos marotos de vez em quando: